quarta-feira, 23 de março de 2011



Não te peço daqueles grandes, não te peço daqueles todos molhados nem que tenham língua, não te peço nada do outro mundo, não te peço daqueles de horas, não te peço daqueles por obrigação, não te peço os com mordidelas, não te peço os devagarinho, não te peço que me dês muitos, não te peço os misteriosos, não te peço os saborosos, apenas peço um sentido ... Peço-te um que equivale a milhares deles, nem que seja pequeno, só quero que ao mesmo tempo que me estás a dar, penses no porquê dessa mesma acção, penses o que é que aconteceu para essa mesma acção esteja a acontecer e se faz sentido essa acção estar-se a realizar.
Sei que pensas em tudo menos no porquê mas também sei que tu sabes que me queres dar, sabes que eu te quero dar e sabes que gostamos de dar, independentemente de como sejam ou da maneira que são dados. Amo-te por isso e por todas as vezes que recebo um beijo teu, mesmo não sendo como nos filmes mas sim sentido ... DM





4 comentários:

Para a Rosarinho:

Marias há muitas © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.