sexta-feira, 31 de julho de 2015

reflexões de alguém no escuro

Há dias em que perco a vontade de falar sobre ti e, porque dias não são dias, hoje é um deles. Não consigo entender se tudo o que disparas pela boca são ofensas pensadas ou falta de sensibilidade envenenada por uma alma amarga. Tinhas por hábito medir as palavras quando te dirigias a mim, repensar nas consequências e evitá-las a qualquer custo. Hoje sinto que não há mais nada que te impeça de seres cruel para quem já te deu um mundo pintado de azul. Já não há estrelas cadentes que nos salvem, nem desejos que possam ser pedidos, tudo se vai, tudo se esgota.

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Review Dress Link || Recebidos

Finalmente chegaram os 3 recebidos da Dresslink que eu vos falei, são um género de uma recompensa pela nossa parceria. Aqui deixarei a minha opinião sincera para que possam tirar as vossas próprias conclusões se algum dia pretenderem encomendar algo do site. 
A Dresslink tem a sua plataforma online aqui e eu confesso que já conhecia mas nunca encomendei nada por várias razões: pagamento, tempo de entrega, tamanhos e por ser uma raridade encomendar algo pela internet. 
  • Pagamento: O pagamento apresenta várias opções para que o comprador possa fazer a sua escolha de acordo com as suas possibilidades. Eu, como antiquada que sou, não me gosto de sujeitar a qualquer tipo de problemas e, mesmo que seja 100% seguro, prefiro apenas olhar.


  • Tempo de Entrega: Geralmente estas encomendas demoram entre 15 a 30 dias úteis - visto que vêm da China. 
  • Tamanhos: Relativamente a tamanhos, os produtos estão orientados de acordo com as medidas da Asia, sendo que também poderão indicar uma tabela de comparação com outras medidas na descrição do produto. O chato é que tamanhos a cima de 40 não existem ou é muito raro por isso há que manter uma certa elegância para esta lojinha (sou totalmente contra).
Passo então a mostrar o que recebi com a parceria - deram-me um valor de, mais ou menos, 20€ para gastar e optei por investi-lo em objetos de verão:
Todas as comprinhas vêm empacotadas neste género de saco plastificado, bastante conhecido para encomendas e foi-me entregue pelos ctt's. Cada produto vinha embalado à sua maneira, não trazendo consigo o famoso saco bolha.

  1. Óculos de Sol: É sem dúvida a compra que eu mais gostei. Espelhados num tom azul amarelado, super na moda, e não trazem a lente riscada. As hastes dos óculos estão bem apertadas - por enquanto - e ficam muito bem na cara. Caso queiram, vejam aqui.



   2. Fato de Banho: Encomendei também um fato de banho branco com detalhes na frente, como podem ver na imagem. A qualidade é óptima, um tecido bastante forte, bons acabamentos. O único senão, para mim em particular, é que não me serve. Infelizmente um 38 fica-me pequeno mas entretanto já o ofereci a uma amiga e fica-lhe a matar (lá está, o problema dos tamanhos). Caso queiram, vejam aqui

.
   3. Para finalizar, um colar: Quando olhei para ele foi amor à primeira vista, no entanto e como já é normal em mim, esqueço-me em primeiro lugar de ver se o "fecho" está bom. Qual não foi o meu espanto - ou não - quando tentei abrir o fecho para colocar o colar e ele não abria, parecia que estava colado. Após várias tentativas, ele lá se abriu mas nota-se que não está bom e provavelmente irá partir-se. Por falar em partir, um dos fios pequenos do colar já se partiu (não durou nem 30 min. nas minhas mãos), não sei se problema meu ou do colar. Mas gostei bastante no geral, tinha a opção de duas cores, esta em prata ou em dourado, caso queiram encomendar está aqui.

No geral estou satisfeita com o que recebi, tenho pena que o fato de banho não me tenha servido porque fica um arraso com uma pele morena mas assim posso fazer feliz outro alguém. Em relação a preços, como já vos disse, foi-me dado um x crédito logo não paguei nada por estas 3 coisas e, como podem ver, mesmo sem pagar fui bastante sincera. Imaginem se tivesse comprado o fato de banho, a desilusão seria muito maior porque gastar dinheiro em vão não é de todo a minha praia, por isso, antes de comprarem qualquer coisa nesta loja, POR FAVOR, tenham a certeza que as medidas estão correctas e que o produto vos vai servir, conselho de amiga.

sábado, 25 de julho de 2015

Sinto pelos outros

Só sei que o que sinto só faz sentido se for para sentir por ti. Existe uma ténue ternura entre nós, vós sabeis do que falo, somos carne e sangue unidos por memórias e histórias. És tudo o que eu preciso, mas não neste momento, o futuro tornou-se mais agradável de imaginar do que viver o presente. Eu penso em nós como uma tempestade em que sabemos que, por ventura, ela chegará ao fim trazendo consigo a paz que necessito e só isso dá-me mais força para me olhar ao espelho. O erro está aí, nesse exemplo de desperdício de vida, deveríamos pensar em nós como um livro, sabemos também que ele irá chegar ao fim, mas por enquanto aproveitamos a história, rendidos ao que nos rodeia e sacia. Não podemos estar juntos agora mas pertencemos um ao outro e nada poderá mudar isso. Tu não gostas de branco e eu não gosto de preto e enquanto essas forem as únicas cores do nosso amor, nada poderá incorporar-se num só. Há mais vida para além de ti mas eu não vivo sem ti, e voltamos ao mesmo.

sexta-feira, 24 de julho de 2015

As cartas

É tão fácil abrir cartas que preferíamos nem ter recebido. Trazem consigo palavras que nos ferem a alma, que nos tiram o riso e que nos rasgam a vontade de seguir em frente. Nem a caligrafia mais bonita poderia tornar a mensagem mais doce, os erros ortográficos demonstram a indiferença que se apoderou entre nós, já não existe a preocupação de agradar ao outro. São cartas que não foram entregues em mão, a coragem vagueia por aí sem morada, não há troca de olhares, talvez porque o arrependimento poderia surgir ou então porque já não há nada a dizer. Foram abertas com receio e medo de erguer novas esperanças, no fundo tudo se resume a voltarmos ao que éramos e esquecermos o que nos magoou. Tudo o que restou daquele papel pintado por esferográfica preta foi raiva, raiva e solidão, nada mais haveria a dizer com tudo o que proferiste, agora resta-me esquecer que algum dia pensei em fazer parte da vida de uma sombra.

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Happy B-day to me!

É oficial, hoje dia 21 de Julho de 2015 entrei nos 20! Deixei para trás o 1 que sempre acompanhava os outros números para me dedicar ao 2. Não me sinto mais velha, sinto que o tempo afinal passa, que o que gasto em lamentações não compensa a chegada de um novo ano. Btw o nosso anjo da victoria's secret,Sara Sampaio, também faz hoje anos.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Quase que Sim

Quando queres ele não quer e quando não queres é quando ele quer. Quem os vai perceber. Tu nunca sabes a quantidade certa de mensagens que podes enviar, nem como o deves tratar. Ser-se vulgar é tão fácil hoje em dia que para não o parecer torna-se complicado estabelecer uma conversa coesa e com um certo grau de maturidade. Ele diz que não está interessado mas pergunta-te constantemente se tiveste saudades dele e nós pensamos, qual será a necessidade de saber se sentimos a sua falta, complexo de atenção? ou simplesmente elevar o ego? Corremos nesta passadeira para não nos deixarmos apanhar pelos seus excessos de confiança, "Oh, tu sabes que tens saudades minhas". Facilmente relembramos todas as vezes que não obtivemos qualquer tipo de resposta, quando nos sentimos a mais numa conversa entre duas pessoas ou até mesmo quando o assunto nem chegava a ser assunto. Não ter saudades dele já era normal mas e se ele tivesse saudades minhas? Ou saudades do que poderíamos ter sido? Ri-me. Uma mensagem está à distância de um click e eu nunca a recebi. Justifico esta falta de resposta com o destino, nunca seriamos singulares se fossemos um plural.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Ainda dói

Sou egoísta ao ponto de preferir que sofras na solidão do que sejas feliz com outro alguém. Não subscrevo a teoria de que saber amar é saber deixar ir. Se eu te amo não te quero deixar, nem ir, nem vir, quero-te onde sempre estiveste. Não me sei afastar, não sei fingir que estou bem, não sei não preocupar-me com o teu afastamento, e por mais que as palavras te digam uma coisa, o sentimento diz outra. Sou egoísta ao ponto de preferir odiar-te a sofrer de amor por alguém que nunca me soube pedir desculpa. Sou ressentida, rancorosa, amargurada, há quem diga que tudo isto se chama sensibilidade, eu prefiro chamar-lhe mau génio. Porque o tempo irá passar mas tudo ficará gravado e, quando a discussão surgir, estas serão as primeiras mágoas que te atirarei à cara. Deus fala em perdoar mas eu não consigo, talvez um esquecimento momentâneo, mas perdoar é fingir que não passei pelas portas do inferno sozinha, sem ti e também por culpa tua. Perdoar é desrespeitar a minha alma e relativizar o que destruiu parte de mim, das minhas vivências e das minhas memórias. 

terça-feira, 14 de julho de 2015

Mais uma tarde

Aqui fica mais uma tarde trabalhosa mas com um resultado cheio de reações boas e amorosas. Fico muito contente pela forma como reagem ao produto final dos vossos blogs. A Mia contactou-me porque estava a pensar mudar-se da plataforma sapo para a blogger e desejava muito um novo visual. E é claro, louco como sou por design, decidi ajudar. O blog da Mia é novo por isso passem por lá com um cesto cheio de coisas boas para lhe dar as boas vindas: Agridoce . Um beijinho e já sabem como me contactar!

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Lufada de ar fresco

Há ares que são mais difíceis de respirar. O vento bate-te na cara, sentes os pulmões a contraírem-se mas há algo que te impede de cumprir com o ato básico de sobrevivência. Talvez seja cansaço de uma vida atarefada e sem reconhecimento ou simplesmente porque já nada te prende ao mundo terreno, a verdade é que ficas imóvel à espera que alguém respire por ti. Mas ter alguém para nos facilitar a vida é como uma bicicleta com rodinhas, algum dia teremos de encontrar o nosso próprio equilíbrio, cair e levantar, saber sarar as feridas e confiar no tempo. Por ventura o tempo será o nosso apoio, também sei que nos vai iludir e desiludir, acontece que colocar as culpas dos nossos problemas em algo ou alguém será sempre mais fácil para chorar sem nos sentirmos culpados. Enquanto a desilusão aumenta o ato de respirar torna-se mais difícil que viver. Saber viver é relativo, vive-se somente porque o coração bate? 

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Parceria: Dresslink

Hoje venho-vos comunicar que a Dresslink entrou em contacto comigo para uma parceria com o Blog da Rosarinho. A Dresslink é uma loja chinesa, já devem estar a adivinhar o género, e vende de tudo um pouco. Ainda estamos em conversação pois, como devem de imaginar, o fuso horário não ajuda às trocas de e-mail's. Espero que tudo corra bem e possa dar-vos a conhecer esta loja porque tem produtos a preços super acessíveis. Nunca vos mentirei à cerca da qualidade de qualquer produto visto que a parceria também é com quem me segue e, para tal, precisamos de estar em sintonia entre o que eu digo e o que vocês idealizam num produto.
Espero em breve trazer mais novidades para vos dar. 
Love, Rosarinho

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Tulipa Negra com um novo espaço

Às vezes é preciso uma mudança para que o nosso dia se torne melhor. Senti que a Tulipa Negra precisava de uma nova alegria e decidi responder ao seu desejo de ter um novo espaço, mais acolhedor e amoroso. Mais um design feito com carinho e amor, como todas sabem que a Rosarinho trabalha. Passem pelo blog dela, Tulipa Negra, e vejam como resultou o trabalho final. Quem precisar de ajuda para uma remodelação do seu blog, contacte-me: maria.p.arcadinho@hotmail.com!

terça-feira, 7 de julho de 2015

Quando dois significa eu e eu

Quando já não há amor tudo lhe irrita: a tua voz, as tuas manias, a tua respiração. Quando já não há amor também já não há nada a fazer, não mudes por alguém que já não te queira, guarda-te para alguém que te veja como és e te sinta como o seu mundo. Histórias de amor não foram feitas para Gregos e Troianos, foram feitas para quem já não acredita que podemos ser felizes com alguém, são ilusões que nos fazem duvidar das nossas capacidades, de nós próprios como pessoas. Ser feliz sozinho também é opção, uma opção acorrentada pelas tradições que veneram o casamento,a vida a dois, o compromisso recheado de dissabores escondidos. Tenho pena que só vejam os solteiros como pessoas com azar no amor, quando são muito mais que isso. Ser feliz sozinho deveria ser motivo de orgulho, a capacidade de nos satisfazermos sem promessas que não se cumprem faz com que haja esperança para um novo dia. Pensei que partilhar um sentimento com alguém poderia ser a solução de todos os problemas mas as guerras continuaram, as falências, as mortes, o mundo não se sentiu emocionado com a junção do homem e da mulher. Por isso mesmo, guardemos a ideia de que estar com alguém é sinónimo de felicidade numa gaveta, tudo o resto melhora se pensarmos no amor próprio que podemos produzir.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

+2


Hoje foi dia de trabalhos a dobrar porque uma segunda feira sem trabalho não é nada. Como podem ver, há sempre espaço para me dedicar a 200% ao vosso blog mesmo que tenha outros trabalhos ao mesmo tempo. Aqui vos mostro mais 2 trabalhos que adorei fazer, fico muito satisfeita que me venham procurar para vos ajudar a melhorar o aspecto do vosso cantinho.Obrigada, vocês são maravilhosas!

domingo, 5 de julho de 2015

Com amor tudo se faz

Mais um design acabadinho de fazer, quando coloco mãos à obra não descanso enquanto não vir o resultado final. Hoje a minha dedicação foi para a Laura Margarida do blog: Como as fases da Lua. Conheço a Laura pessoalmente e não podia deixar de apresentar com um bonito e simples design para o seu novo blog. Adorei como sempre, foi um prazer trabalhar para ela.Vão lá dar um saltinho e já sabem, se quiserem um design personalizado (não sou profissional,faço por gosto!) enviem-me email para maria.p.arcadinho@hotmail.com, é tudo de graça,pagam-me com amor e eu agradeço.

Basta haver

Há presenças que sufocam e ausências que nos libertam, não deveria de ser ao contrário? Há amores que nos destroem e chocolates que nos consolam, gatos que nos guardam e cães que nos atraiçoam. Há um eu ausente e um tu dependente. Basta haver, basta sentir que o mundo está ao contrário para que a felicidade já não seja igual.

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Tumblr

Hoje venho-vos falar sobre esta rede social que está tão na moda por todo o mundo: o Tumblr.
Acredito que saibam do que falo, não é nada novo, no entanto, e como podem ver na imagem, o meu tumblr nada tem a ver com os famosos tumblrs dos adolescentes portugueses. Há 5 anos atrás decidi inspirar-me nas variadíssimas amostras de tumblr's vintage, muito comuns nos outros países, comecei por ter um green blog (imagens da natureza, bastante verde à mistura) mas acabei por me ficar com um vintage/pale blog (imagens mais brancas ou castanhas). 90% dos meus seguidores não são portugueses e somente sigo tumblr's do género do meu, quando encontro um tumblr do mesmo género português fico maravilhada, não é todos os dias que alguém decide optar por um tumblr vintage e colocar de parte o "swag" ou o "porno". O meu tumblr é o Matutinuss, que significa amanhecer em latim, e estou muito feliz com o resultado, em breve chego aos 1000 seguidores e não podia estar mais feliz por reconhecerem que existem imagens simples e belas que devem ser reblogadas. E vocês têm tumblr? De que género? Beijinho!
Marias há muitas © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.