sábado, 6 de outubro de 2012

E por entre longos olhares deixei-me dormir encostada ao braço dele. Já era escuro e o carro estava em andamento. Somente se via pelas janelas as luzes das casas, dos carros e das ruas iluminadas por postes fluorescentes. Eu encostei-me a ele, como que se entre o silêncio lhe pedisse aconchego e ele percebeu, beijou-me a testa e disse-me "faz ó-ó". A ternura dele humedeceu-me e fez-me querer dar-lhe um beijo na cara ou no pescoço, tanto faz. Estávamos nostálgicos, talvez eu mais que ele, quem sabe, nunca o saberei.. nunca saberei o que daquele cabeça se forma, somente lhe sinto o coração. E que bonito que é. Passei o resto da viagem na aventura de mais beijos no nariz e palavras modestas e doces. Ambos sabíamos que o dia estava a terminar e que a saudade estava pronta para voltar ao seu lugar habitual. Mas por momentos eu soube novamente que ele é o homem da minha vida e que tê-lo para sempre comigo não é um sacrifício  mas sim um privilégio. 

19 comentários:

  1. assim espero!
    tens um espacinho tão amoroso :)

    ResponderEliminar
  2. tão verdade, muito obrigada querida :)

    ResponderEliminar
  3. o amor nunca devia ser um sacrifício mas sim uma dádiva da vida :$

    ResponderEliminar
  4. como eu gosto do teu sorriso apaixonado irmã, leva-me contigo para onde fores. e o dave vai cuidar de ti, eu sei

    ResponderEliminar
  5. não deves considerar um privilégio mas sim algo merecido :)

    ResponderEliminar
  6. oh, mil obrigada :') mas tu sim, és uma doçura!

    ResponderEliminar
  7. pois, se calhar não, mas há dias em que desabo, eu so queria um pouco de atençao, um pouco de compreensao, so queria que colaborassem para uma familia normal, e que nao pensassem so que o dinheiro nao chega, ou que eu faço birrinhas por coisas de nada, desculpa se nao percebeste nada do que disse, mas eu nao consigo explicar melhor, estou muito abalada, desculpa princesa.

    ResponderEliminar
  8. é bom saber que existem pessoas que nem sequer nos conhecem, mas que têm o dom da compreensao. muito obrigada princesa.

    ResponderEliminar
  9. olha e agora disseste tudo! mas nós queremos sempre mais, não é? mesmo que isso seja impossível :)

    ResponderEliminar
  10. o problema é não valorizarmos o que temos :)

    ResponderEliminar
  11. Deve saber muito bem, ter alguém assim tão bom e puro a nosso lado. Sê feliz! ~
    Gostei muito do que escreveste, sigo

    ResponderEliminar

Para a Rosarinho:

Marias há muitas © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.