sábado, 10 de setembro de 2011

#le rêve


Sabes como é a naturalidade do meu bocejar, é tão ou mais natural como os amo-te's que recebes todos os dias de manhã depois de uma noite que passou a correr. Já nada é pensado, nada está acorrentado, tudo é levemente natural - como aquele algodão doce caseiro que me deste a provar. Tu és tão pequenino quando falas comigo, a doçura das palavras são perigosamente apaixonantes para quem as escuta e eu torno-me demasiado princesa para este mundo. Quantas palavras já gastei para dizer-te que finalmente encontrei o passarinho que sempre pertenceu ao meu ninho - se é que cheguei a gastar, acho simplesmente que ganhei - quantas vezes perdi-me com as direcções do mundo e fui dar ao teu encontro? 
Estou realmente apaixonada por ti meu pequeno pássaro de penas laranjas e amarelas, acho que isso nunca foi posto em questão, o meu coração também nunca o permitiria, porque finalmente alguém me retirou o cabelo dos olhos e conseguiu ler-me cada olhar, conseguiu aparar cada lágrima e ainda teve tempo para me trincar o nariz. Este és tu, inteiro por inteiro, com o brilho intenso nos teus dentes que são perfeitos desde o inicio da tua adolescência, com a pele suave e sensível.
Por fim, esta sou eu, inteira por inteira, com o meu coração quentinho mas frágil e a minha mente - aquela que memorizou todos os dias de nós juntos, a pairar sobre o mar, falando baixinho mas sem segredos, recontando os sonhos e esquecendo os monstros do passado, por fim estes somos nós.. je t'aime mon amour, au revoir.

52 comentários:

  1. és uma doçura a escrever. eu gosto e como metes sempre um toque de francês, fica ainda mais bonito. adoro

    ResponderEliminar
  2. sem palavras para descrever como me prendi à suave magia neste texto.

    ResponderEliminar
  3. muito obrigada querida (:
    tens toda a razão, por vezes o amor brinca de mais com as pessoas que acaba por magoar :c
    beijinho*

    ResponderEliminar
  4. ele vai estar fechado por pouco tempo. é só para fazer umas remodelações :)

    ResponderEliminar
  5. muito obrigada querida :)
    Também estou a seguir o teu blog que esta igualmente lindo e o weheartit tbm. seguirei depois no tumblr qnd fizer um para ftgs.
    Tens uma doçura a escrever e uma delicadeza inesplicavel. adorei este texto.

    ResponderEliminar
  6. uau, nem sei o que dizer.. juro :)
    é claro que não são todos iguais, esta juventude é que anda meio perdida mas pronto, há de crescer
    Obrigado e sigo-te :D

    ResponderEliminar
  7. olha fizeste-me sorrir bastante com o teu comentário, sabes? és um doce a escrever

    ResponderEliminar
  8. quem me dera que o meu pequeno coração estivesse tal e qual como o teu, sabes? tão doce e reconfortado, tão cheio e apaixonado. mas tive o tão vulgar azar de ver partir a minha alma. prepara-te tu, estarei aqui de cada vez que piscares os olhos<3 que doçura de blog!

    ResponderEliminar
  9. muito obrigada, marie, que texto encantador.

    ResponderEliminar
  10. não poderia concordar mais contigo querida, óbvio que estas manifestações não lhes podem ficar indiferentes no coração. um grande beijinho!

    ResponderEliminar
  11. que linda história de amor, minha doce Maria. As coisas de que precisamos estão quase sempre debaixo do nosso nariz - *nós* é que complicamos e procuramos sempre nos lugares errados. Pensamos que o que precisamos está longe quando está sempre tão perto, às vezes até está dentro de nós, às vezes só precisamos de nós.

    ResponderEliminar
  12. Oh, acho uma estupidez como os rapazes e as raparigas de hoje em dia fala uns dos outros mas pronto. A idade não importa assim tanto, importa é a maneira como vemos as coisas, o interior :) e mais uma vez Obrigado, o amor é lindo ahahaha

    ResponderEliminar
  13. que querida :))
    vou seguir o teu blog, está mesmo fofinho e bonito :o

    ResponderEliminar
  14. oh, que querida. fico contente :)
    e este texto, adoro!

    ResponderEliminar
  15. Tens toda a razão, nos filmes acaba o sofrimento e muitas vezes na vida não. Também vou seguir *-*

    ResponderEliminar
  16. Pois é, é sempre complicado, mas depois temos de nos habituar, não há outra hipótese

    ResponderEliminar
  17. não tens nada que agradeçer, só disse a verdade ;)

    ResponderEliminar
  18. de nada querida :)
    adoro a imagem do passarinho, ali --->

    ResponderEliminar
  19. óh que querida *-* .
    bem é assim : tens de copiar o código incorporar do youtube e depois mudas as medidas para '125' e '25' e fica só a barra do play (: .

    ResponderEliminar
  20. ohh que lindo *.*
    a forma como descreves o teu amor por ele, é simplesmente...naturalmente bonito :b

    ResponderEliminar
  21. eu também acho que é (:
    excelente texto *.*

    ResponderEliminar
  22. com todo o gosto minha linda! bem vinda ao meu blog *-*

    ResponderEliminar
  23. Obrigada Marie, gostei muito do teu blog, também vou acompanhar-te :)

    ResponderEliminar
  24. já nao danço ha mais de um ano, com muita pena minha :)

    ResponderEliminar
  25. de nada fofinha.
    desculpa perguntar, mas está tudo bem?
    e eu também são sei para que servem os selos, mas ofereceram-me então postei.

    ResponderEliminar

Para a Rosarinho:

Marias há muitas © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.