sexta-feira, 1 de julho de 2011






Ás vezes tenho medo de chegar onde ninguém chegou, para muitos um motivo de orgulho, para mim um motivo de medo, o desconhecido assusta-me e deixa-me exposta a situações que trazem lembranças daqueles tempos em que passava despercebida. Refugiada por alguém que não era, construindo muralhas em torno do meu "eu" verdadeiro, escapando aos vícios, libertando-me das injustiças, fui tentando fugir da complexidade e mudança do mundo.
Deixei de parte a dúvida e a certeza, comecei a fazer greve aos meios termos, fui fiel ao meu entendimento e decidi expandir a minha capacidade para mais tarde - como agora - ter uma visão mais aberta do que quero.
Chegar mais alto já não me faz confusão, não me traz transtorno, de certo um conhecimento empírico tornou-me no que sou hoje, um dia também eu terei os meus próprios poemas épicos, mas por agora rendo-me à determinação e por consequência lógica à vivência no que hoje em dia podemos chamar "Mundo de Loucos".

18 comentários:

  1. não é pelo conteudo mas pela forma como escreves o:

    ResponderEliminar
  2. Deixei desafio para ti no meu blog querida :)*

    ResponderEliminar
  3. olá ... adoro o teu blog (:

    podes.me dizer o nome da música que tens? (:

    ResponderEliminar
  4. uau. está lindo, lindo mesmo.
    esta musica, é mesmo maravilhosa! +.+

    ResponderEliminar
  5. BLOG NOVO:
    http://anaoliviera-oficial.blogspot.com/

    segues? se seguires seguirei também o teu.
    ps: avisa se seguires :3

    ResponderEliminar

Para a Rosarinho:

Marias há muitas © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.