domingo, 22 de maio de 2011


Eu disse que irias ser meu, talvez no momento não tenha pensado bem no quanto valor tem a palavra "meu", decerto que disse aquilo como que se de algum objecto se tratasse, mas a ideia de te ter a meu lado, a dar-me miminhos, a fazer-me crescer pareceu-me tão alucinante e tão gratificante que não pensei duas vezes em dizer esta frase.
Fiz por te ter, batalhei nas mais diversas batalhas, contra o medo, a vergonha, contra outra pessoa que estava a tentar conquistar o teu coração, ou melhor, a tentar voltar conquistar, eu fiz tanto por ti e agora sei que Deus é grande e deu-me a recompensa.
Quando comecei a notar que ambos estávamos a remar para o mesmo lado, nem poderia acreditar, era algo que eu jamais pensava que poderia acontecer. 
Tornaste-te tão neutro ao teu passado, não digo que eu te mudei mas o tempo mudou-te, tornou-te mais maduro, mais homem, conseguiu fazer de ti o namorado ideal para mim. Conquistas-te o que poucos conseguiram e ainda tiveste a proeza de  me dizer "és a melhor" quando eras tu que me tinhas tornado assim.
Amar alguém por instinto nunca foi do meu agrado, contigo foi amor do passado, saber que passado 5 anos voltei a encontrar-te e que desta vez consegui, deixou-me muito mais feliz, o sentimento de vitória é algo que ninguém consegue explicar.
Obrigado por teres conseguido moldar os teus defeitos, que eram alguns, para que esta relação começasse a nascer, com um coração forte e uma garra de vencedora, és o verdadeiro herói no meio desta história que começou com um "Era uma vez" e que não sei como irá terminar, aliás, não pode terminar.
Gravei o teu nome no meu coração, tatuei a tua face no meu pulso, prendi a tua vida ao meu pescoço, dependo de ti, dependes de mim, és tudo e se fores eu fico o nada.




12 comentários:

Para a Rosarinho:

Marias há muitas © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.