segunda-feira, 7 de novembro de 2011


Sou tão pequenina, e não me refiro à minha altura, tenho os meus 165cm e sinto-me uma das maiores do meu  mundo. Sou pequenina no que toca a conseguir aguentar com as saudades que se fazem sentir nos momentos em que não se tem nada para me ocupar a cabeça, como agora meu amor. Ainda hoje é dia de café e já tenho saudades do nosso dia de chá e manga. O nosso dia que é sempre cheio de perguntas que vêm do além e feitas com tanto amor e rebuçados de mel.
És um docinho que me faz falta a cada minuto do dia, desde o começo que é bem de manhã quando eu acordo, e fica sabendo que quando te mando um Olá de manhã, não significa Olá, significa que acordo em pensar em ti, depois prolonga-se até ao começo da noite e aí a saudade deita-se a meu lado na cama e passa a noite inteira a dizer-me, liga-lhe e diz-lhe que o amas dias sem fim. 
Atende - Amo-te dias sem fim docinho!

13 comentários:

  1. ainda bem que gostas te , se é que te posso tratar por Mimi (:
    As pessoas pequenas são sempre tão fofas e tu és tão pequeninha. Tirando isto o texto está um miminho *.*
    tem um resto de um bom dia e felicidades! :D

    ResponderEliminar
  2. podes explicar-me porque é que os teus textos estão sempre tão cheios de amor? gosto muito de ti, pequenina.

    ResponderEliminar
  3. Ai não? Aqui apareceu como anónimo --'
    Agora é que já não aparece, não entendo, omg, é cada panca :x

    ResponderEliminar
  4. isso queria eu :/ mas acho q não se vai tornar.

    ResponderEliminar
  5. tu com 1.65 e eu com 1.57:) lindo lindo

    ResponderEliminar
  6. pois é, e não é mesmo fácil.
    eu tenho é q lutar . só me resta isso

    ResponderEliminar
  7. Olha que às vezes é mesmo assim que me sinto.

    ResponderEliminar

Para a Rosarinho:

Marias há muitas © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.