domingo, 24 de abril de 2011


"in my mind, there is only eternal beauty"


Ela chorava, não sabia ao certo o porquê desse acontecimento, mas chorava ... as lágrimas começavam a cair, escorrendo umas atrás de outras, era tudo tão forçado e ao mesmo tempo tão natural.
O pensamento simplesmente vagueava por aí, sem destino e sem hora marcada para deixar de percorrer todas as memórias que ela tinha, era arrepiante saber que não podia controlar o poder da sua mente, deixava-se levar por o que estava destinado. As memórias eram tantas, os medos eram mais que imensos mas o que era mais estranho era que em todos esses momentos estava presente uma única pessoa ... Era essa mesmo pessoa a responsável por todas as mágoas e felicidades dela, não a poderia culpar por ter aquelas gotas de águas ainda presentes na sua face, não sabemos ao certo se chorava de felicidade ou se não aguenta mais viver com o vazio no seu coração.
Acredito que ela tenha desistido dele não porque está farta de lutar mas sim porque já não tem capacidades para sofrer mais, notasse nos seus olhos ... estão escuros, cansados, ela viveu para ele e neste momento ninguém viveu para ela.
Ela não lhe pedia muito, pedia apenas um abraço ou até mesmo um aperto de mão, ela apenas queria saber que o tinha ao lado dela para toda e qualquer circunstância e ele não soube aproveitar a sorte que lhe deram ... Agora ela sente-se como se estivesse a morrer - ainda não parou de chorar - navegou pelo seu mar imenso, no meio de tempestades, sobreviveu a um náufrágio e continou a ama-lo sempre e o que recebeu em troca? Nada, limitou-se a ver ao longe um adeus de despedida e a sentir um abandono... Hoje vive recentida com a vida, hoje vive como se não basta-se só viver ...

Acredita, o pior já passou!

17 comentários:

  1. óh adorei a história, está mesmo linda *-*

    ResponderEliminar
  2. deve ser uma sensação fantástica!
    eu acho querida*

    ResponderEliminar
  3. O pior infelizmente não parece ter passado.

    Ela se doou a alguém que nada lhe doou. Depois que decidiu desvencilhar-se dele, desvencilhou-se somente no plano físico, porque se ainda está ressentida é porque ainda está presa a ele.

    Portanto, ainda está em seu poder.

    ResponderEliminar
  4. Que lindo blog amei*_*
    Ja estou te seguindo e sempre estarei por aqui a te ler e comentar lindo espaço,amei bjos de bom dia;*

    ResponderEliminar

Para a Rosarinho:

Marias há muitas © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.