terça-feira, 31 de julho de 2012

Tuesday, 31 July 2012

Eu tenho a certeza que sou capaz. Sei perder-me nas palavras e digo coisas que não penso. Invento frases e delicio-me com o resultado da minha literatura. Sou uma autêntica marioneta de escrita, inventada por um escritor e com uma história real para contar. Crio enigmas para eu própria desvendar e realço todo o espanto dos livros em pequenos versos de prosa que escrevo ao anoitecer. Não tenho paz em mim, sou um fervor em pessoa que acumula sentimentos, que os transparece e se afoga nele como um pequeno pássaro ao sair do ninho pela primeira vez. Tenho medo do medo e fujo da solidão. Tranco-me em supostos "ses" e lá vou eu, render-me ao instante e à surpresa.

5 comentários:

  1. está muito bonito, muito intenso e muito real..

    ResponderEliminar
  2. não há palavras para a forma como escreves. adoro! (:

    ResponderEliminar
  3. Olá, só queria q soubesses q a partir de agora o link do meu blog é este: http://marianaiss.blogspot.pt . Beijinho!

    ResponderEliminar

Para a Rosarinho:

Marias há muitas © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.