domingo, 14 de maio de 2017

E eu não consigo Só receber metade quando eu me dou por inteiro

Não consigo encontrar outra explicação para o que me acontece. Aquela viagem sentimental de tentar compreender a razão de não ser correspondida na mesma intensidade. Os pensamentos começam a fluir e de todas as razões que podem existir, a única que me invade é a de que eu não sou uma pessoa que faz alguém gostar de si imediatamente. Porque não há um dia que eu não me esforce para ser melhor - ou ser o que não sou - sorrio, abraço, partilho, elogio. E eu não consigo Só receber metade quando eu me dou por inteiro. E é nisto que gira a minha vida. Num esforço meticuloso para ser notada, gostada, correspondida.  As pessoas que estão ao meu lado mudam, mas o sentimento permanece e os comportamentos tornam-se os mesmos. Por que razão eu partilho constelações e nem uma estrela recebo?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Para a Rosarinho:

Marias há muitas © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.