sábado, 27 de junho de 2015

Somos

Somos tanto ou tão pouco, nem sei bem precisar o que somos:
Simplesmente o somos, como gente, como corpos que se tocam, como almas que encontraram numa noite vazia e de consolo. Respiramos o mesmo sentimento de insegurança e desejo. Eu quero estabilidade e tu queres-me, independentemente do que poderá vir comigo, queres-me porque o desejo carnal sobrepõe-se ao coração. Não há horas para nós, nem explicação, muito menos entendimento.

5 comentários:

  1. Oin, tudo de bom para vocês :))
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Vim e gostei muito de tudo. Voltarei, pois já estou a seguir :)
    Beijo.
    Nita

    ResponderEliminar
  3. Vim e gostei muito de tudo. Voltarei, pois já estou a seguir :)
    Beijo.
    Nita

    ResponderEliminar
  4. adoro o que escreves, sempre tão real e bonito <3
    beijinho :*

    ResponderEliminar

Para a Rosarinho:

Marias há muitas © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.